11 de ago de 2009

INSOLAÇÃO

A insolação acontece quando o organismo fica incapacitado de controlar sua temperatura. Quando a pessoa tem insolação, sua temperatura corporal aumenta rapidamente, o mecanismo de transpiração falha e o corpo fica incapacitado de se resfriar. A temperatura corporal de uma pessoa com insolação pode subir até 41 graus, ou mais, em 10 a 15 minutos. Insolação pode causar morte ou incapacitação permanente se o tratamento de emergência não for providenciado.

O que pode acontecer quando a pessoa é submetida ao intenso calor

Pessoas podem sofrer de problemas de saúde relacionados ao calor quando o sistema de controle de temperatura do corpo é sobrecarregado. O corpo geralmente se resfria com a transpiração. Porém, em algumas circunstâncias, somente a transpiração não é suficiente. Nesses casos, a temperatura corporal da pessoa pode subir rapidamente. Temperaturas corporais muito altas podem danificar o cérebro e outro órgão vitais. Vários fatores afetam a capacidade do organismo de se resfriar durante o calor forte. Quando a umidade está alta o suor não evapora tão rápido, o que impede que o corpo libere calor mais rapidamente. Outras condições que podem limitar a capacidade de regular a temperatura incluem idade muito nova (0-4 anos), obesidade, febre, desidratação, doenças cardíacas, circulação ruim, queimaduras solares e uso de alguns remédios e álcool.

Sinais de Insolação:

Os sinais de alerta de insolação variam, mas podem incluir:
* Temperatura corporal muito alta (acima de 39,5 graus).
* Pele vermelha, quente e seca (sem suor).
* Pulsação rápida e forte.
* Dor de cabeça latejante.
* Tonteira.
* Náusea.
* Confusão.
* Inconsciência.

O que se deve fazer ao notar alguém com sinais de insolação

Caso perceba que alguém apresenta sinais de insolação, providencie alguma pessoa para chamar pelo atendimento médico de emergência enquanto você resfria a vítima. Faça o seguinte:
* Leve a vítima de insolação para um lugar com sombra.
* Resfrie a vítima rapidamente, através de qualquer método disponível. Por exemplo, coloque a pessoa numa banheira com água fria ou sob ducha gelada.
* Monitore a temperatura corporal da pessoa e continue seus esforços para resfriá-la até que ela esfrie para abaixo de 39 graus.
* Se o atendimento médico de emergência demorar, ligue para os hospital para receber mais instruções.
* Não dê bebida alcoólica para a vítima.
* Obtenha assistência médica o mais rápido possível.

Como se proteger a fim de evitar insolação quando o calor está muito forte

Beba bastante líquido, reponha os sais minerais, vista roupas apropriadas, use protetor solar, evite realizar atividades vigorosas no calor, procure ficar fora do ar livre quente e escolha as atividades ao ar livre com cuidado.

O quanto se deve beber no calor

Durante o clima quente é necessário beber mais líquidos do que sua sede sinaliza. Aumente sua ingestão de líquidos, independente do nível de atividade. Ao praticar exercícios vigorosos no calor, beba dois a quatro copos de fluidos geladas a cada hora. Evite bebidas alcoólicas porque elas o farão perder mais líquido.

HIPOTERMIA

A temperatura central do corpo humano deve manter-se entre 36,5ºC e 37,5ºC. Abaixo desse limite, começam a surgir vários sintomas, desde frio até a morte. Quando há uma queda brusca da temperatura corporal, as terminações nervosas detectam a baixa temperatura, imediatamente o organismo começa a realizar a vaso constrição (diminuição do calibre) dos vasos sanguíneos, principalmente da pele, com o objetivo de diminuir a perda do calor e estabilizar a temperatura interna. É por isso que a pele fica fria.

Quando a vaso constrição não é o suficiente para evitar essa queda, aparecem então os tremores, ou seja, contrações involuntárias dos músculos esqueléticos que geram calor. Se o tempo de exposição ao frio ambiental é prolongando, os tremores tendem a diminuírem ou cessarem, surgindo alterações mentais e diminuição da perfomace motora. Lentamente ocorre um colapso do mecanismo termorregulador, incluindo a vaso dilatação na pele, em seqüência há perda de calor para o exterior. Dessa forma, a pessoa começa a diminuir seu nível de consciência, suas funções vitais se alteram, o que vai evoluindo até a morte.

Os sintomas dos três tipos de Hipotermia;

Leve (35 a 33ºC); sensação de frio, tremores, letargia motora, espasmos musculares. A pele fica fria, as extremidades do corpo apresentam tonalidade cinzenta ou levemente arroxeada (cianótica). A pessoa tem confusão mental.
Moderada (33 a 30ºC); Os tremores começam a desaparecer, a pessoa tende a ficar muito sonolenta, prostrada, quase inconsciente, rigidez muscular, alterações na memória e na fala, entre outros.
Grave (menos de 30ºC); A pessoa fica imóvel e inconsciente, as pupilas se dilatam e a freqüência cardíaca diminui, se tornando quase imperceptível. Se o paciente não for devidamente tratado, a morte é inevitável.